top of page
Buscar
  • Foto do escritorErica Alonso

Confira os protocolos para a temporada de cruzeiros 2022/2023 no Brasil.

As cias continuarão a exigir seguro e teste negativo em itinerários de 6 noites ou mais.

A Clia Brasil (Associação Brasileira de Cruzeiros Marítimos) e suas companhias associadas iniciarão a temporada de cruzeiros de cabotagem 2022/2023 no Brasil com protocolos definidos e anunciados pela Anvisa na última quinta-feira (29). "A revisão das regras de saúde e segurança, realizada pela Anvisa, possibilita que as experiências únicas de conexão entre pessoas, destinos e culturas vivenciadas nos cruzeiros continuem a ser oferecidas, sempre com responsabilidade e segurança", comunicou a Clia.


Com o interesse de "priorizar ao máximo a segurança dos passageiros, tripulantes e comunidades que os navios visitam", as companhias marítimas continuarão a exigir seguro e teste negativo (RT-PCR/Lamp ou Antígeno) 24 horas antes do embarque em itinerários de seis noites ou mais, durante operações regulares no Brasil e entre Brasil, Argentina e Uruguai.


Para viagens de cinco dias ou menos, as pessoas poderão optar por apresentar os testes mencionados ou comprovante de vacinação (com vacinas aprovadas pela Organização Mundial da Saúde - OMS). Outra atualização refere-se ao uso de máscaras de proteção facial, que não é mais obrigatório, mas é recomendado.


As medidas de higiene e limpeza das companhias de cruzeiros, que seguem altos níveis de qualidade e exigências, permanecem sendo praticadas, bem como a disponibilização de equipe de assistência de saúde habilitada e treinada, com estrutura completa. É importante ressaltar que esses serviços já existiam e foram ampliados para proporcionar ainda mais tranquilidade aos cruzeiristas.


“Agradecemos o trabalho e apoio do Ministério da Saúde e da Anvisa e recebemos esses novos protocolos com a confiança de que a Temporada 2022/2023 será um sucesso”, disse Marco Ferraz, presidente da Clia Brasil. "Os cruzeiros são a melhor maneira de conhecer o mundo, pois oferecem em uma única viagem hospedagem, transporte, entretenimento, alimentação e uma vista diferente a cada dia. Iniciaremos nosso período de navegação com responsabilidade, sempre colocando as pessoas, os tripulantes, o meio ambiente e o compliance em primeiro lugar, e entregando as viagens memoráveis que os cruzeiristas já conhecem”, completou.


O setor de cruzeiros desempenha um papel relevante na economia do Brasil. A Temporada 2022/2023, que começa no fim de outubro e será a maior da década, tem a expectativa de criar 48 mil empregos no País, além de gerar um impacto econômico de R$ 3,8 bilhões.

13 visualizações0 comentário
bottom of page