top of page
Buscar
  • Foto do escritorErica Alonso

Maior navio de cruzeiro do mundo, Wonder of the Seas chega aos EUA.


PORT CARNEVAL (EUA) - Inaugurado em março deste ano como maior navio de cruzeiros do mundo e estrela da frota Royal Caribbean, o Wonder of the Seas chegou ao Estados Unidos. Depois de uma temporada pela Europa, a embarcação está na Flórida, onde permanecerá durante as temporadas 2023 e 2024 em seguidas viagens pelo Caribe, com saídas do Porto Canaveral, em itinerários de sete noites. Com roteiros visitando destinos como Cozumel e Costa Maya, no México; Philipsburg, em St. Marteen; Perfect Day at CocoCay, a ilha exclusiva da Royal Caribbean, nas Bahams; entre outras paradas.


Para marcar este novo momento de navegações do transatlântico, a Royal Caribbean preparou duas saídas com vendedores de cruzeiros de diversos lugares do mundo e veículos de imprensa de diferentes destinos emissores. O Brasil, um dos principais mercados da companhia, não poderia ficar de fora e também marca presença na viagem.


Ao longo de dois dias, os convidados da armadora e da R11 Travel - que representa a empresa no Brasil - vão conhecer todas as áreas do navio e a ilha exclusiva da Royal Caribbean, que é o destino final da viagem.


Hoje (7), no dia de embarque, os brasileiros participaram de um ship tour pela embarcação.


WONDER OF THE SEAS EM NÚMEROS

Inaugurado em 4 de março, o Wonder of the Seas é a grande estrela da frota Royal Caribberan, que tem 26 embarcações (lembrando que em janeiro de 2024 vem estreia uma nova classe, com a inauguração do Icon of the Seas). O navio é capaz de receber 6988 hóspedes simultaneamente.


São ainda dentro do Wonder of the Seas 2,3 mil tripulantes num navio de 236,8 toneladas, 64 metros de largura, 362 metros de cumprimento, nove metros de calado e capaz de chegar a 22 nós de velocidade.


Nos próximos dias a reportagem da PANROTAS mostra mais espaços e detalhes do navio.


Veja a seguir algumas imagens do primeiro dia da viagem inaugural do Wonder of the Seas:



24 visualizações0 comentário

Comentários


bottom of page